• Mastectomia Bilateral

    O procedimento é radical e irreversível, mas muitas mulheres diagnosticadas com câncer de mama optam por ele. A mastectomia bilateral é o nome técnico dado à remoção do tecido mamário de ambos os seios.

  • Tipos de Cirurgia da Mama

    A cirurgia de mastectomia preventiva consiste na retirada da região interna da mama - ou seja, da glândula mamária juntamente com os ductos mamários - que são os locais onde pode acontecer a formação de um tumor. Com a retirada do interior da mama, os riscos de câncer reduzem em até 90%. As chances do câncer ainda existem porque 10% do tecido mamário ainda é preservado para a nutrir a pele, aréola e mamilo.

Cirurgia de Mastectomia Bilateral

Minha Cirurgia...

    Optei por fazer a MASTECTOMIA BILATERAL COM PRESERVAÇÃO DA PELE (no entanto não seriam preservados os mamilos e aureolas) + RECONSTRUÇÃO MAMARIA COM IMPLANTE EXPANSOR

    São 02 equipes, pois são 02 procedimentos diferentes. a Mastectomia é feita por um mastologista e a reconstrução por um cirurgião plástico.

     Acho que testei todos os tipos de agulhas existentes nos mercado durante a fase de exames pre operatorios. Um dos que me chamou a atenção foi ter que deixar uma amostra de sangue para a reserva de sangue para a cirurgia. Não basta dizer seu tipo sanguineo. No entanto o mais incomodo foi o "Teste do Linfonodo Sentinela" (Técnica é utilizada para identificar possíveis metástases) Para identificar qual o linfonodo responsável pela área onde está ou estava o tumor, a região recebe uma injeção de partículas radioativas. Após a injeção, um exame de cintilografia é feito para identificação do linfonodo sentinela. O mapeamento linfático com corante vital também é utilizado para melhorar a identificação do linfonodo sentinela. ... Enfim não é nada confortavel essa injeção e a sensação posterior. 

     Como eu sou "ligada na tomada" pre anestesico não funciona comigo, então sempre chego tagarelando nos blocos cirurgicos e fico assistindo a toda preparação... até gosto disso!

      Foi uma cirurgia bemmmmm demorada, mas fomos avisados sobre isso. A parte da Mastectomia durou cerca de 05:20 horas . Durante esse procedimento foram retirados alguns linfonodos, que seguiram para o laboratorio determinar se havia contaminação neles ou não. Se houvesse haveria necessidade de esvaziamento das axilas. No meu caso não foi necessário. A segunda parte da cirurgia foi a Recosntrução com a colocação do implante com o expansor que durou em torno de 03:30 horas. 

     Quando acordei ainda estava no bloco cirurgico e só reclamei de dor e o incomodo da garganta depois de horas de entubação. Lembro que na sala de recuperação colocaram remedio para dor a base de morfina foi o que deu uma aliviada por algumas horas.

     De volta ao quarto, começou a parte ruim... DOR... mas não era pouca não era muita... Acho que piscar os olhos doia . Os remedios que deixaram preescritos e água pra mim era a mesma coisa, não faziam efeito... pior que deixaram de me dar o remedio mais importante para esse tipo de cirurgia : um relaxante muscular.... porque simplesmente passam 3 horas puxando e repuxando seu musculo peitoral e colocam uma protese atras dele fazendo esticar... Só no dia desguinte depois de horas de tortura de dor e reclamação a médica descobriu que isso não estava no prontuário, mesmo assim o hospital levou 3 horas para providenciar e sem ser de forma injetável.

     Por falar em hospital, já foi um estresse conseguir a internação, mas absurdo maior foi me mandarem como primeira refeição, isto é depois de voce passar um dia em jejum e mais de 9 horas entubada um prato de farofa de cuscuz com uma carne seca.... é tão inacreditável que vira humor tragico... Se não tivesse levado sucos, iogurtes e outros alimentos de casa ficava entalada com aquela comida. Outra coisa abominável são os pessimos cuidados com a higiene do ambiente, se não fossem meus familiares para trocar minha roupa de cama eu ficaria todo o periodo da internaçao ( 02 dias)  com o lençol do bloco cirurgico.... e o risco de contaminaçao?! de infecção hospitalar?!

     Como essa cirurgia exige que voce fique de braços abertos por mais de 9 horas, e nesse tempo vai tomando soro, voce acaba saindo super inchada... os dedos da mão mal dobram, você perde as forças completamente. Tem que ficar fazendo uns exercicicos para a circulação ir voltando ao normal, e tambem usar as botas pneumaticas para evitar trombose.

 

  • O que é linfonodo sentinela?

    Dá-se o nome de linfonodo sentinela ao primeiro linfonodo (gânglio linfático) a receber células malignas oriundas de um tumor canceroso primário através da circulação linfática. Ele constitui a primeira barreira defensiva do organismo contra o espalhamento do câncer (contra as metástases) e só depois dele outros linfonodos são afetados. Mas como pode acontecer que os linfonodos não dêem conta cabal de sua missão defensiva no organismo, algumas células malignas podem escapar e se alojar em órgãos à distância. As condições em que o linfonodo sentinela é encontrado indicam, com alto grau de precisão, o estado em que se encontram os outros linfonodos da região (axilar, inguinal etc.),

  • Como se sabe qual é o linfonodo sentinela?

    Um dos métodos de identificar o linfonodo sentinela é por meio de um exame feito antes da cirurgia de retirada do tumor, chamado linfocintilografia, no qual uma substância radioativa é injetada na derme horas antes da operação, em regiões escolhidas de acordo com a localização do tumor. Essa substância é absorvida pelas células cancerosas, gerando imagens que são captadas por uma sonda especial da radiação gama (geralmente um aparelho portátil que possui uma sonda de detecção e sistema de registro digital), permitindo, assim, a avaliação do exame pelo cirurgião. Em casos de câncer da mama, o outro método consiste na injeção de um corante azul na região da aréola mamária minutos antes do procedimento cirúrgico, o qual é captado pelo linfonodo sentinela. Então o cirurgião procura na axila o linfonodo corado com esse azul e procede à retirada do mesmo. Ambos os métodos apresentam bons resultados e poucas complicações.

O Pós Operatório

     Como comecei a tomar tarde o remedio relaxante muscular, o mesmo não conseguiu fazer o efeito que deveria até o momento da alta hospitalar. Por mais que meu marido dirigisse bemmm devagar eu sentia todas as juntas de dilatação, ondulações e buracos desta cidade até chegar em casa.... as lágrimas caiam que eu nem controlada tamanha a Dor.

     Quando se sai do bloco cirugico já se sai com uma super faixa de gazes e compressas para proteger a cirurgia, além de 02 drenos para ajudar a retirar todo aquele liquido acumulado do procedimento cirurgico. Essas faixas são trocadas diariamente (curativos) na primeira semana. Os drenos devem ser esvaziados 02 vezes ao dia e anotar o volume que saiu de liquido (tem um marcador no dreno) . O incomodo é a posição que eles ficam abaixo dos braços ai tem muitos moimentos que magoam tudo. 

     Dormir só de barriga pra cima, o que para mim é horrivel pois não acerto dormir assim, e além disso o efeito da anestesia geral me deixa com insonia. Então seja para levantar da cama ou mesmo de uma cadeira, nas primeiras semanas voce não tem forças e vai sempre precisar de ajuda.

     Tomar banho é outra coisa que voce vai levar muitoooo tempo para conseguir fazer sozinha. Nos primeiros dias porque esta com a faixa e não pode molhar. Depois já com o sutiã especifico não pode molhar os cortes, então é um processo. Praticamente meu marido virou meu cabelereiro poque alem de tudo desscrito acima você não pode mexer os braços acima dos ombros e nem fazer nenhum tipo de esforço e muito menos pegar em peso. Os medicos vão liberando certos movimentos aos poucos.

     Os drenos normalmente ficam de 20 - 25 dias, mas como em mim tudo é diferente... os meus meio que entupiram e tiveram que ser removidos antes de drenar o que era necessario. Resultado: retirar o liquido com segingas no contultorio... mas ta tudo dormente na região então nem se sente agulhas entrando e saindo.

     Tem a historia da dieta, pois algusn alimentos interferem no processo de cicatrização, então não pode comer chocolate, crustáceo, carne de porco, coco ( a agua pode), nem aves....enfim só te sobra carne, peixe e massa.

     O periodo mais dolorido por causa dos cortes e principalmente da distenção muscular é a primeira semana, depois vai melhorando.  Depois de um tempo o intervalo dos curativos no hospital diminuem e alguns voce pode fazer em casa. Ai é uma parte boa pois finalmente voce consegue tomar um banho normal...

     Depois de 30 dias voce entra na fase de aguardar quais serão os proximos passos do seu tratamento, que serão definidos pelo profissional oncologista, pois para começar o enchimento do implante expansor depende destas informações....

  • Corte da mama

  • Area de tecido removido

Cirurgia de Reconstrução da Mama

Reconstrução Mamária

     A reconstrução mamária é um processo que requer a tomada de muitas decisões. Talvez a pergunta mais importante a ser feita seja: a reconstrução mamária é apropriada para seu caso? Para dezenas de milhares de mulheres com história de câncer de mama, a resposta é ”sim”.
     Hoje em dia, a maioria das mulheres que foram submetidas à mastectomia tem indicação de reconstrução de mama. Após a mastectomia, as mulheres optam por realizar a  reconstrução mamária por diversas razões.

     Algumas mulheres acham que perderam a feminilidade ou não se sentem mais completas. Outras não desejam ter que se incomodar utilizando uma prótese mamária externa. Para muitas mulheres, a reconstrução da mama é um bom modo de se sentirem melhor consigo mesmas e dar um novo começo às suas vidas.

     A reconstrução mamária pode ser feita durante a própria cirurgia de mastectomia. Nesse caso, ela é denominada reconstrução imediata. Ou pode ser feita algumas semanas, meses ou mesmo anos depois da mastectomia. Nesse caso, ela é denominada reconstrução tardia. Dependendo de suas circunstâncias pessoais, você pode decidir junto com seu medico qual é o método mais indicado para você.

     A recuperação de cada pessoa é diferente. Geralmente, a paciente poderá sentir dores após a cirurgia. Suas mamas ficarão inchadas e sensíveis. Como o período de recuperação varia de pessoa para pessoa, o seu médico indicará qual o melhor momento para você voltar às suas atividades normais.

     Uma parte importante de sua recuperação poderá requerer o uso de um sutiã cirúrgico ou uma malha compressiva no período pós-operatório. Essas medidas são tomadas para
que as suas mamas recebam suporte durante a fase de cicatrização.

Onde fica o implante expansor na reconstrução

Reconstrução Mamária em 02 Etapas

     A reconstrução mamária com implante em duas etapas é uma opção bastante procurada. Esse procedimento pode ter início no momento da mastectomia ou depois (reconstrução
tardia).

     Coloca-se um expansor de tecido mamário temporariamente no tórax. Durante um período, ele é expandido injetando- se solução salina na válvula de entrada do implante expansor. Durante esse processo, a pele se estica e aumenta gradualmente, abrindo espaço para o implante à medida que se expande. Seu corpo se ajusta ao crescimento causado pelo implante da mesma forma que o corpo de uma mulher se ajusta ao crescimento gradual do abdômen durante a gravidez.

Reconstrução Mamária em 02 Etapas

Reconstrução Mamária em 01 Etapa

     Esse procedimento está se tornando cada vez mais popular entre os médicos porque a paciente só precisa passar por uma única cirurgia para reconstruir a mama, em vez de
duas ou mais.

     O procedimento é uma combinação de expansor/implante de mama é colocada no tórax logo após a mastectomia durante a mesma cirurgia. O dispositivo possui um pequeno tubo e um domo de injeção que é colocado próximo ao implante. Durante um período, injeta-se solução salina através do domo para expandir o implante e esticar o tecido. Quando se alcança o tamanho desejado, o tubo e o domo podem ser removidos em um simples procedimento, e o implante continua no lugar.

Reconstrução Mamária em 01 Etapa

Sensações ...

     Os primeiros dias após as cirurgias você sente tanto incomodo com as dores, que depois de uma tempo é que vai descobrindo outras  "Sensações".

     Primeiro você perde quase que 95% da sensibilidade  do local da cirurgia, tambem não é para menos foram muitos cortes em terminações nervosas que isso é absolutamente normal.

     Comigo teve outras coisas "estranhas" que não sei se acontece com todas que passam por essas cirurgias mas uma delas é a sensação que quando você vai tomar uma liquido gelado. Muitas vezes se passamos muitooo tempo sem comer ou beber quando tomamos um liquido sentimos ele "descendo" até o estômago... no meu caso a sensação do gelado internamente se espalhada por toda região peitoral... Não é ruim, é apenas estranho ( kkkkkk )

     Como  coloquei o implante extensor, em certas posições que voce mexe a perna, principalmente quando está deitada, você fica sentindo eles "mexendo"... na verdade estão se acomodando no novo espaço deles.

     Faça de tudo para não espirrar nos primeiros  dias, pois parece que está tudo solto lá por dentro e é uma sensação bastante incomoda.

     Agora de fato que eu mais reclamei nos primeiros dias é o que eu chamo de "pitoquinhos cabulosos", que nada mais são que as vávulas do implante que no meu caso foram colocados entre a pele e as costelas, abaixo de onde existiam as mamas. Nossaaaaa, imagine 02 coisinhas que incomodam até seu organismo se acostumar com eles, principalmente porque dependendo do local que eles ficam, o sutiã que tipo uma cinta fica apertando ou o eleastico comprimindo eles... ai você tem que descobrir um modelo de sutiã que não te incomode tanto, eu experimentei vários tipos além dos sugeridos pela equipe médica. Descobri que se forem mais compridos incomodam menos... mas ai depende de cada pessoa. 

      E esses "pitoquinhos" vão te acompanhar por muito tempo, pois o enchimento da protese só pode ocorrer depois de tudo cicatrizado e se no seu caso você não precisar fazer quimioterapia, caso contrario só apos o tratamento da quimio é que pode começar a fazer o preenchimento do implante. 

Tipos de reconstrução em video

Como é realizado o preenchimento do Implante Expansor de Silicone...

Exemplos de cicatrizes (vai depender do procedimento)

Tipos de próteses que podem ser usadas na reconstrução